Archive for junho \30\UTC 2009

h1

Pesquisadores norte-americanos criam primeiro microprocessador quântico

junho 30, 2009

Do IT News (Austrália) – Um grupo de pesquisadores da Universidade de Yale (New Haven, Connecticut) mostrou ao mundo o primeiro processador quântico em estado sólido da história. Por enquanto, o novo chip é bastante rudimentar e só pode ser utilizado para rodar algoritmos bastante elementares.

Bits Quânticos – Os atuais computadores digitais tratam as informações através de códigos binários: todos os dados podem ser traduzidos para “zeros” e “uns”, formando “bits” de informação. Um “bit” só tem duas posições possíveis: “desligado” ou “ligado” (zero ou um).

Aparência do primeiro processador quantico da história

Aparência do primeiro processador quântico da história

Nos computadores quânticos, os bits quânticos (ou “qubits”) podem receber simultaneamente múltiplas informações de estados, o que permitiria abordagens computacionais impossíveis à tecnologia atual.

“Nosso processador por enquanto pode efetuar apenas pequenas tarefas, que antes foram demonstradas apenas em núcleos, átomos e prótons”, diz Robert Schoelkopf, coordenador do projeto. “Todavia, este é a primeira vez em que foi possível efetuar tarefas computacionais quânticas em um aparelho eletrônico similar a um microprocessador comum.”

O grupo desenvolveu dois qubits formados por um bilhão de átomos de alumínio cada um. Estes qubits trabalham de maneira similar às partículas elementares utilizadas em experimentos anteriores, mas em escala muito maior, o que permitiria a manipulação das informações “quânticas” em dispositivos eletrônicos como um computador

Schoelkopf também declara: “Ainda estamos distantes da possível construção de um computador quântico, mas este foi um grande passo à frente”.

h1

Microsoft considera distribuir Windows 7 em dispositivos USB

junho 29, 2009

Da PC Pro (UK) – De olho nos donos de netbooks (que devido ao tamanho diminuto geralmente não têm drives de DVD) a Microsoft talvez venha a distribuir o Windows 7 em “thumb drives” USB.

Seven em USB Stick? Vamos esperar para ver.

Seven em USB Stick?

Esta informação foi divulgada pelo CNet.com, mas o fato ainda não foi comentado pela Microsoft.

A empresa teria cogitado também a distribuição através de downloads, mas a idéia não teria conquistado muita popularidade: o DVD de instalação do Seven terá cerca de 2.3 Gb de “peso”, o que poderia trazer grandes dificuldades para usuários que naveguem com banda “estreita”.

 De acordo com a revista britânica PC Pro, a versão beta do Windows 7 roda perfeitamente em netbooks com apenas um núcleo de processamento e 1 Gb de RAM.  A publicação também afirma que o Windows Vista (atual versão do sistema) roda muito lentamente em máquinas com estas especificações.

h1

Morte de Michael Jackson congestiona sites de notícias

junho 26, 2009
A notícia do falecimento de Michael Jackson derrubou diversos portais norte-americanos

A notícia do falecimento do cantor derrubou diversos portais norte-americanos

Diversos sites noticiosos norte-americanos ficaram indisponíveis devido ao intenso tráfego de fãs desejosos por notícias a respeito da morte do cantor Michael Jackson (50 anos).

Segundo o TechCrunch.com, o portal TMZ (primeiro a noticiar a morte do astro) simplesmente saiu do ar por vários minutos. O Twitter, devido ao imenso tráfego de usuários, precisou desabilitar temporariamente diversos serviços, entre eles a funcionalidade de busca.

Os Portais ABC, AOL, CBS, CNN, MSNBC, NBC, SF Chronicle e Yahoo! News também experimentaram problemas similares.

Gráfico mostrando o aumento no tempo de resposta (linha azul) e o declínio da disponibilidade (linha vermelha) dos maiores sites noticiosos após o anúncio da morte do cantor (fonte: Data Center Knowledge)

Gráfico mostrando o aumento no tempo de resposta (linha azul) e o declínio da disponibilidade (linha vermelha) dos maiores sites noticiosos após o anúncio da morte do cantor (fonte: Data Center Knowledge)

h1

Rapidshare perde ação na Alemanha e será obrigado a filtrar conteúdo

junho 24, 2009

rapidshare_logoDo Slashdot – O Rapidshare (um dos maiores provedores gratuitos de hospedagem de arquivos na Internet) precisará pagar 24 milhões de euros à GEMA (sigla alemã para “Sociedade em Prol dos Direitos de Reprodução e Performances Musicais”) por “manter cerca de 5000 faixas de seu catálogo musical permanentemente disponíveis para download na Internet”.

A corte Regional de Hamburgo (Alemanha) determinou também que o Rapidshare terá que filtrar previamente todo conteúdo musical hospedado em seus servidores.

Toda esta movimentação se deu na mesma semana em que o Partido Pirata alemão conseguiu seu primeiro deputado, o ex-social democrata Jörg Tauss.

h1

“Para o Inferno com a Internet!”, brada Ray Bradbury

junho 22, 2009

De acordo com o The New York Times, o escritor de ficção científica norte-americano Ray Bradbury (autor de Fahrenheit 451, atualmente com 89 anos) odeia a Internet e a considera uma “grande distração”. 

Bradbury: "A Internet só serve para distrair, não tem significado."

Bradbury: "A Internet só serve para distrair, não tem significado."

O idoso escritor teria sido questionado pelo Yahoo! a respeito da possível inclusão de um livro seu no portal (os dados não foram confirmados pela empresa). A resposta não poderia ser mais eloquente: “Para o inferno com vocês e com a Internet. Ela só serve para distrair, não tem significado; é algo que está no ar, em algum lugar”.

Ray virou notícia nos últimos dias por sua luta contra o fechamento de diversas bibliotecas públicas no condado de Ventura, Califórnia devido a cortes de custos. “Eu não creio em colégios ou universidades”, diz Bradbury. “Eu acredito em bibliotecas, pois a maior parte dos estudantes não tem dinheiro algum. Terminei o segundo grau durante a Depressão, e minha família não tinha dinheiro. Eu não podia ir para a Universidade, então eu ia à biblioteca três vezes por semana durante dez anos”.

De acordo com o NYT, a despeito da idade avançada, Ray Bradbury frequenta regularmente a biblioteca pública de Koreatown, Los Angeles. Ele dá aos interessados a receita de sua longevidade: “Faça aquilo que você ama e ame aquilo o que você faz. Esta é a história da minha vida.”

h1

Internet Explorer 8 é “mais customizável que Firefox” diz Microsoft

junho 19, 2009

Do Slashdot – Relançando a campanha “Get the Facts” (“Obtenha os Fatos”), a  Microsoft divulgou em seu site uma tabela que compara as funcionalidades do Internet Explorer 8 com as de seus maiores concorrentes na atualidade, os browsers Mozilla Firefox e Google Chrome.

IE8 seria mais "seguro, confiável e estável" que seus concorrentes

IE8 seria mais "seguro, confiável e estável" que seus concorrentes

A Gigante de Redmond polemicamente afirma que o IE8 é o único browser da atualidade capaz de prover segurança, privacidade e confiabilidade ao usuário. Além disso, a Microsoft afirma que seu browser é “mais customizável” que o Firefox (um browser reconhecido pela imensa quantidade de add-ons disponível para download).

Diz a Microsoft: “É claro, o Firefox pode vencer no número de add-ons, mas muitas das customizações que você poderia baixar para ele já são parte do Internet Explorer 8”.

O outro lado – A comunidade open source encarou a campanha da Microsoft como piada. Um bem humorado visitante do Slashdot comenta que “com o Firefox, somente o usuário pode customizar o navegador. Com o IE8, qualquer cracker atacando remotamente também pode”.

h1

Alemães proíbem Google de exibir imagens nítidas no Street View

junho 18, 2009

The Local (Alemanha) – Johannes Caspar, comissário da Agência de Proteção de Dados de Hamburgo, solicitou ao Google garantias de que o projeto Street View siga as legislações alemãs de respeito à privacidade. Caspar exige que todas as imagens de pessoas e veículos sejam excluídas ou que apareçam “pouco nítidas” no serviço online.

O Street View é um recurso do Google Maps que permite que o usuário veja imagens panorâmicas de algumas das ruas mapeadas, permitindo um “tour virtual” pelas cidades onde o serviço se encontra ativo.

Google Street View

Google Street View em algum lugar de Virginia (EUA)

Em nota divulgada em 18/06 o Google concordou com as solicitações de Johannes Caspar. A empresa também se propôs a apagar imagens das residências de quaisquer pessoas que se manifestarem previamente contra a publicação (nos demais países a exclusão das imagens só pode ser solicitada após a veiculação no serviço).

Peter Fleischer, especialista do Google em proteção de dados, disse à revista alemã “Focus” que a empresa poderá desenvolver filtros especiais de proteção que vasculharão automaticamente as fotos do Street View em busca de rostos e placas de veículos, deixando-os “borrados” automaticamente.